Secretaria Municipal de Agricultura promove ações na zona rural de São Miguel do Guamá

Agricultura familiar é responsável por 70% da produção de alimentos no município
HD Secretaria Municipal de Agricultura promove ações na zona rural de São Miguel do Guamá

Transmitir conhecimentos para dinamizar o processo de produção rural do município e dar qualidade de vida aos trabalhadores do campo. Esse é o objetivo Prefeitura de São Miguel do Guamá, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri), que promove serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), em diversas comunidades locais.  

As ações são realizadas através de visitas de campo de profissionais que compõem o quadro técnico do órgão, tendo hoje disponível no município Técnicos em Agropecuária, Engenheiros Agrônomo e Médicos Veterinários.

O secretário municipal de Agricultura, Tonico Meireles, conta que a agricultura familiar é responsável por aproximadamente 70% da produção de alimentos em São Miguel do Guamá e, por isso, estes serviços tornam-se uma importante ferramenta para garantir a oferta e segurança alimentar da produção local. 

“Estamos levando técnicos qualificados para capacitar nossos homens e mulheres do campo na produção de diversos tipos de culturas que vão desde o açaí à apicultura. Desta forma pretendemos modernizar o processo de produção, não só para desenvolver o município, como também ampliar as oportunidades destes trabalhadores, gerando renda e dando qualidade de vida a eles e suas comunidades”, completou Tonico. 

A Semagri já iniciou a prestação de serviços técnicos em algumas áreas de produção rural, como a Apicultura (criação de abelhas com ferrão) no ramal do Bacuri, região do Crauateua; produção de mudas frutíferas; podas de condução e produção de culturas como maracujazeiro, limoeiro Tahiti, laranjeira Pêra, goiabeira paluma, aceroleira; hortaliças; avicultura e piscicultura; uso de resíduos da produção da farinha de mandioca, entre outros.

Açaí - A meta agora é potencializar a produção de mudas de açaí, aproveitando áreas degradadas que ficam próximas aos sistemas hídricos naturais, como forma de obter a mata ciliar com uma cultura nativa e altamente viável economicamente, sem necessidade de desmatar áreas novas e nem investir em irrigação.

Próximos passos - Ainda em 2021, a Semagri pretende contratar um Engenheiro de Pesca, que terá a missão de desenvolver a piscicultura (criação de peixes), aproveitando a riqueza que o município guamaense tem em oferta de água, seja por rios ou igarapés.

Serviço - Todas as segundas-feiras a sala da Semagri, que fica localizada na sede da Prefeitura Municipal, está aberta, exclusivamente, para atendimento dos produtores rurais.

Comentários